A cada dia que se passa, novos times vão surgindo em nosso cenário de CS:GO. Com a criação destas novas equipes, novos estilos de jogo vão surgindo e, consequentemente, temos que entendê-los.

Alguns times definem o seu estilo de jogo baseado em um hold, também chamado de padrão. Outros gostam de jogar um estilo mais fechado, com estratégias mais fixas e táticas ensaiadas.

No texto de hoje vamos abordar estes estilos e iremos exemplificá-los com alguns times profissionais.


1. Jogando baseado no hold

Com jogadores individualmente talentosos, alguns times do cenário internacional como Cloud9, EnVyUs, G2 e SK-Gaming preferem basear seu estilo de jogo em um padrão. Um time que ficou muito conhecido com este estilo de jogo dentro do CS:GO foi o fnatic, nos anos de 2014, 2015 e começo de 2016.

Este padrão tem como objetivo ganhar informação do oponente, além de controle de mapa. Com estas informações, os times possuem algumas estratégias definidas que são utilizadas para atacar os pontos fracos percebidos no hold.

No vídeo abaixo (a partir dos 55:55 minutos), o time da SK Gaming começa o round com um padrão focado no domínio do meio. O objetivo deste domínio é o de garantir que os players CTs joguem recuados e que, ao mesmo tempo, a equipe TR faça o controle da ligação. Com o controle desta região, a equipe pode fazer uma entrada no bombsite A ou deixar um jogador de lurker (costinha) e ir para o bombsite B. Neste caso, a equipe do SK foi para o bombsite A.


2. Jogando com estratégias definidas

Atualmente a maioria dos times baseia seu estilo de jogo no hold, porém o que os difere, além dos jogadores, é a base tática de cada um.

Falando sobre a base tática deles, temos alguns times do cenário internacional como Dignitas, FaZe, NiP e Astralis que preferem basear seu jogo em um modo mais restrito. Um time que levava esse critério ao modo extremo era o Na'Vi em 2015 com o Zeus na lineup em vez do s1mple.

Como vemos no exemplo abaixo (a partir dos 9:16 minutos), percebemos claramente que o Dignitas sai da base com um plano para a rodada, que é o domínio do meio falso e a entrada completa no bombsite da B.

Assistindo a essas duas jogadas você claramente pode definir dois estilos de jogo que possuem similaridades mas, ao mesmo tempo, têm objetivos e preparos de treino distintos.


3. Entendendo um pouco mais sobre estilo de jogo

Para saber um pouco mais sobre estilos de jogo, e o que é melhor para sua equipe, é necessário testar. Saber como se adaptar a cada um deles é, literalmente, uma arte e um trabalho de meses de treino.

Em um vídeo que fiz, em fevereiro de 2016, para a Games Academy explico um pouco mais sobre formações comuns em times e como se basear para criar sua própria formação.

Adicionalmente, abaixo temos outro vídeo falando sobre como se adaptar dentro do jogo, levando em conta a economia do time adversário e de seu time. Um time bem preparado deve saber variar seu estilo de jogo entre o mais restrito e o mais livre.

Se você curtiu este texto não se esqueça de ajudar a divulgá-lo. Estarei no Twitter e no Facebook esperando vocês caso tenham alguma dúvida.

Se você não viu, eu também fiz um texto dando Dicas para um novo time de CS:GO que pode ser muito interessante para você e seus amigos além de outro falando sobre Como melhorar no CS:GO e sua patente. Acessa lá!