#FaçaHistória - Como montar o treino tático de CT e TR e se preparar para as principais situações

No primeiro episódio da série #FaçaHistória, falei sobre como você definir seu map pool, como preparar os mapas de uma visão geral trabalhando holds e execuções.
Nesse novo artigo, falarei sobre como passar esses holds e execuções pra sua equipe, durante um treino tático.

O primeiro ponto: Por onde começar?

Antes de entrar num servidor com sua equipe, assista uma demo do seu time favorito, vou usar de exemplo a equipe do FaZe Clan.
Nessa demo, procure ver algumas padrões de TR, como eles dominam as posições-chaves do mapa, e tente entender seus propósitos, o que os CTs do time adversários fazem.

Na Mirage, vemos o FaZe fazendo domínio meio com 4 jogadores quase a todo tempo, e dando muita ênfase no combate a ligação. O motivo disso é pra tirar espaço da equipe, mas eles não abrem mão da região da B. O Karrigan fica a todo momento olhando as costas pra evitarem ser surpreendidos, de modo que o domínio fica forte, e você ainda consegue punir alguém tentando avançar pra surpreender e forçar uma rotação CT.

Nesse momento, você entende como funciona o Hold deles: Ênfase na Ligação, fazendo com que o CT recue, sem barulho no bomb B, pra forçar o avanço dos CTs e fazê-los jogar do bomb gastando bombas pra segurar ou tentar punir os domínios.

E durante esse hold, eles sempre conseguem uma brecha no setup de CT pra finalizar o round.

Ok, sabemos como eles fazem esse hold TR, como passar isso pro meu time?

A hora do tático

Na hora de passar, se atente que as funções não mudam no hold. É o karrigan quem faz as bombas de fim de round, e ele quem pune o avanço da B. É o rain quem domina sempre a ligação com Guardian e olofmeister dando auxílio e NiKo no palácio da A.

Essa disciplina facilita com que a equipe aprenda o que realmente tem que fazer. Mesmo que não dê certo nas primeiras vezes, é importante insistir, pra que a equipe se prepare e aprenda a lidar com as diversas situações e diferentes combates dos CTs.

Pra passar as execuções, simplifique finalizações de round. Menos é mais, então crie objetivos nas entradas. Vamos atingir tal ponto, usar smokes aqui e ali, e flashes pra cegar tais posições.

O Lado CT

O lado CT é mais complexo e precisa de tempo pra ser desenvolvido, porque vocês precisam conhecer os jogadores com quem dividem o bomb. Tenham paciência.

Pra agilizar o desenvolvimento do lado CT e pra criar jogadas, vamos combinar alguns pontos.

Temos que desenvolver pelo menos 2 setups em que jogaremos de CT. Usando ainda a Mirage como exemplo, e o próprio FaZe, vemos que mais de uma vez eles deixam o NiKo ancorando o bomb A e usam rain e Guardian pra fazer pressão na ligação, enquanto olofmeister faz um tipo de suporte pra Ligação através do L. E por usarem 3 jogadores, seguram recursos pra ajudar o NiKo, numa possível entrada dos TRs no bomb da A. Ou seja, NiKo ouviu qualquer coisa, começam a chover flashes e molotovs pra auxiliar o jogador que sempre leva 1 ou 2 jogadores pro caixão.

Outro tipo de setup que eles usam é com pressão no L com olof e karrigan, e Guardian segurando o bomb B de AWP. Nesse tipo de setup, os dois jogadores da A jogam em linha. Um no Jungle e outro na Base CT, jogando pelo Retake e pra evitar um split pela Ligação ou Janelão.

Testando isso, seu time vai começar a evoluir e criar variações dentro desses setups.

Desenvolvam jogadas de First Kill pra abusar da vantagem do lado defensivo. Avanços nas pontas podem ser perigosos, mas se bem feitos, conseguem ter um impacto gigantesco.
Ensaiem as jogadas.

E se você quiser entender mais tipos de jogadas, assine a Games Academy e tenha acesso a mais de 200 videoaulas de todos os níveis!

#FaçaHistória