As finais da ESL Pro League Season 5 de CS:GO começam já nessa terça-feira (30) em Dallas nos Estados Unidos, com duas equipes brasileiras o evento conta com a ausência de grandes equipes do cenário como Astralis e FaZe, mas nem por isso fica desinteressante de se assistir.

Na mesma pegada da minha nova série de artigos sobre os novos nomes do cenário destacarei dois jogadores que podem surpreender durante o evento norte-americano.

Para saber os horários e a tabela da competição clique aqui.

Robin "ropz" Kool

O estoniano Robin "ropz" Kool será o segundo na série de artigos já citada, mas cabe aqui um comentário sobre o jovem de 17 anos nessa Pro League. Desde a saíde de Nikola “Niko” Kovac da mousesports, e as mudanças efetuadas na line-up com a volta de Tomáš "oskar" Šťastný, a equipe deixou de ter apenas um nome, uma grande estrela e apostou novamente num quinteto como um todo. Ropz tem um potencial futuro imenso, é um astro da FPL, conquistando-a algumas vezes e sempre estando no topo do ranking dos jogadores no sistema. Porém não é apenas dos jogos online que se pode destacar um jogador, a nova estrela da mouz nunca havia jogado um grande evento presencialmente, o que levou até a comentários sobre a clareza de sua habilidade, com alguns afirmando o uso de algum tipo de programa que o prevalecia. Isso tudo caiu por água abaixo com a Faceit levando ele para Londres para jogar do escritório, o que não mudou nada em seu desempenho na FPL.

Quando assinou com a mousesports, ropz logo foi destaque nas partidas online da Pro League e posteriormente na ECS, mas na DreamHack Open Tours 2017 ficou um pouco abaixo da média geral da equipe, mesmo ajudando seus companheiros a chegar na fase final.

A mousesports [com ropz] conseguiu bater em grandes equipes, e "bater" não é força de expressão, é literal. Trucidou, por exemplo, o Natus Vincere tanto online (16 a 0) quanto presencial (16 a 03).

A ESL Pro League será o grande teste da vida de ropz, e uma boa preparação para o classificatório principal do major, que com total certeza será o objetivo da equipe nesses meses sequentes.

Russel "Twistzz" VanDulken

Outro jogador de 17 anos no evento é Russel "Twistzz" VanDulken,o canadense é a principal aposta da Team Liquid para voltar a ter hegemonia na América do Norte. Twistzz é um da nova safra de jogadores híbridos, podendo tanto jogar de assault como awp, em diversas funções que se necessita durante a partida, o que vem sendo essencial para a equipe durante as partidas online que disputou.
alt Ele sempre foi um dos jogadores com maior potencial futuro no continente, mas faltava um mediador, um líder na equipe que atuasse. Assim como Nikola “Niko” Kovac ficava sobrecarregado na mousesports, Twistzz ficava também nas suas equipes. Na Liquid com Peter "stanislaw" Jarguz sendo o IGL e o brasileiro Wilton “zews” Prado como coach, o jovem não fica sobrecarregado em nenhuma função e conta com companheiros que podem mediar um pouco melhor esse longo início de sua carreira.

Assim como Ropz, a ESL Pro League Season 5 Finals também será o maior teste até hoje para o canadense, sendo prática fundante para uma possível disputa de major.

Para saber os horários e a tabela da competição clique aqui.

Quem você acha que também pode surpreender nesse evento? Comente abaixo!

Gostou da postagem? Não esqueça de visitar meu trabalho principal e me seguir no Twitter: @LucasSpricigo